FECHAR
 
 
Etapas de Formação - Noviciado
Etapas de Formação - Noviciado

Caro colaborador do SOS Vocações, Paz e Bem!



Em continuidade com as publicações anteriores sobre as casas de
formação da Província São Francisco de Assis, chegou o momento de falar sobre a
etapa do noviciado.



Comum entre toda a família de
religiosos consagrados da Igreja, a etapa do noviciado constituí o ano canônico
da formação. Nela, o candidato aos votos simples passará por um processo de um
ano de formação franciscana, conhecendo os escritos de São Francisco, a sua
regra e os documentos mais importantes da Ordem dos Frades Menores Conventuais,
como as Constituições, os Diretórios e os Estatutos. Além disso, o noviço
viverá de forma profunda, uma vida de oração, trabalho e fraternidade
enraizando-se cada vez mais no carisma franciscano. No final deste período de
um ano, ele entrará definitivamente na Ordem, professando os votos de Pobreza
(sine próprio), Castidade e Obediência.





Ao ingressar no início desta etapa, o noviço irá participar da
celebração da investidura do hábito franciscano menor conventual, recebendo
também o cordão sem nós, pois estes serão feitos apenas a partir da profissão.
Este evento marca o início do noviciado, a partir dele o candidato começa
oficialmente a sua experiência.



Pode-se dizer que o noviciado já existia nos tempos de Francisco,
não como uma estrutura organizada que vemos hoje em comum com as demais
congregações de vida consagrada, que foi algo adquirido e formado durante o
desenvolvimento da História. Em seu tempo, a pessoa que desejava seguir seu
estilo de vida, recebia o hábito, o cordão e convivia por um ano desta forma,
alguns relatos dizem que neste tempo, o noviço convivia no serviço dos leprosos
e comungava dos aspectos mais profundos da vida minorítica. Este ano, era
chamado de ano da provação, por ter um caráter de experimentação, de forma que
ao chegar no final, a pessoa tivesse degustado esta forma de vida com
intensidade e de forma vivaz, assim podendo ingressar definitivamente neste
modelo de seguimento de todo o coração.



Hoje, o noviço também é convidado a fazer esta mesma experiência
profunda, no serviço do Senhor e aos irmãos, recorrendo as intensas inspirações
provocadas pelo carisma franciscano. Os estudos mantêm um contato direto com a
fonte, com São Francisco de Assis e o que ele representa para o mundo
religioso. Esta etapa é de fato mais reclusa, pois neste ano não há intervalo
ou recesso, visando um aspecto desértico de encontro com Deus e consigo mesmo,
priorizando que a vida do frade se torne mais íntima com Deus.



A Província São Francisco de Assis
realiza seu noviciado no Convento Santo Antônio, no oeste do Paraná, na cidade
de Cascavel
. Esta casa acolhe todos os candidatos à
profissão da Província São Francisco, como também de todas as jurisdições
brasileiras, como a Província São Maximiliano Kolbe de Brasília, a Custódia São
Boaventura do Maranhão e a Custódia Imaculada Conceição do Rio de Janeiro, e em
alguns casos também já recebeu frades de outros países da América Latina.



Atualmente, a casa de formação do noviciado acolhe seis formandos,
um da Província de São Paulo, Frei Arildo Junior, um da Custódia do Maranhão e
outros cinco da Província de Brasília e tem como equipe de formação Frei André
Machado, da Província São Francisco, como mestre de noviço e Frei Wagner, da
Província São Maximiliano, como vice mestre.

 
 
 
DOE AGORA MESMO!